MENU

Volta ao Mundo em 119 dias em um Cruzeiro

Turismo do Tahiti seleciona casais para viajar de GRAÇA!

março 2, 2017 Comentários (6) Visualizações: 17102 América do Sul, Américas, Brasil, Centro-Oeste, Destinos, Dicas de Viagens, Goiás

Lago Azul em Mara Rosa – Um mergulho no meio do cerrado

Facebooktwitterpinterestmail

Mara Rosa é uma pequena cidade, com um pouco mais de 11 mil habitantes, que guardam riquezas e belezas naturais. Localizado ao norte do estado de Goiás, é conhecida pelo seu impressionante seu Lago Azul no meio do Cerrado.

Um lago formado pelas escavações para exploração de minério de uma grande multinacional que se instalou na cidade no final da década de 80. A mina teve seu lençol freático atingido durante uma perfuração, o que resultou no término das atividades de exploração de ouro e, consequentemente, na inundação da imensa cratera. O que era um imenso buraco virou então um lago de um azul intenso e a explicação se dá devido a riqueza de magnésio na composição da água de Mara Rosa.

A lagoa azul tem uma visibilidade boa e por causa das características da água, muito alcalina, não tem vida aquática. Por outro lado, é possível encontrar pontos de mergulho fascinantes.

A formação do fundo do lago desce em espiral, a uma profundidade de até 56 metros. Esse seria o caminho que os caminhões percorriam para extrair o ouro da mina que existia no local.

A temperatura da água é muito agradável, variando de 25º C a 32º C. As profundidades variam de 6m a 70m, permitindo todo o tipo de nível de mergulho, sendo uma ótima opção para treinamento de mergulho recreacional e técnico em água doce e sem correntes. Impossível não querer nadar nessa água quente que se perde em sua profundidade.

Durante o mergulho é possível encontrar alguns vestígios dessa mina, como cavernas, marcações no paredão feito durante a exploração de ouro, carros (combi, fusca, etc), e até mesmo um oratório com uma santa colocada por mergulhadores.

Como chegar
Mara Rosa está localizada a 350 km de Brasília e a 367 km de Goiânia. O lago é uma propriedade privada, de fácil acesso e aberta ao público. Encontra-se a 14 km da cidade e são cinco minutos de estrada de chão até o Lago azul.

Onde se hospedar

Em Mara Rosa existem algumas pousadas simpáticas e poucos hotéis com uma boa estrutura para receber os visitantes.
O Hotel Flávio’s está situado logo na entrada da cidade de Mara Rosa. É simples, com ambiente tranquilo e bom atendimento. Os quartos são limpos, o acesso a internenet Wi-Fi e estacionamento são gratuitos. Possui um restaurante interno com comida saborosa e produtos típicos da cidade. Sem dúvida, uma das melhores opções de hospedagem.
Quem deseja curtir a natureza e economizar, pode optar pelo acampamento próximo ao Lago azul. Existe um grande espaço físico para instalação de barracas. É uma ótima opção para relaxar e se desligar da rotina. A vista noturna é maravilhosa e vale muito a pena curtir uma noite olhando as estrelas.

O que fazer

O lago de água pura e cristalina é frequentado por turistas e mergulhadores de várias regiões do Brasil. Um lugar sensacional para a prática de vários esportes como: SUP, mergulho com cilindro e snorkel.

Existem várias escolas de mergulho que oferecem cursos e expedições para Mara Rosa. Se você nunca fez um mergulho noturno, sem dúvida, essa é sua melhor oportunidade. Mas lembre-se que é necessário um Certificado de Mergulho Noturno acreditado pela PADI.

Os paredões também permitem que você realize atividades como rapel e tirolesa. Mas é necessário um agendamento prévio com empresas que disponibilizem materiais para essas modalidades. Na cidade ainda pode-se passear e visitar sítios rupestres.

Facebooktwitterpinterestmail

Tags: , , , ,

Booking.com

6 Responses to Lago Azul em Mara Rosa – Um mergulho no meio do cerrado

  1. Avatar Marcio disse:

    Sensacional! Não conhecia esse mergulho! Já anotei as dicas! Sabe dizer qual a melhor época para o mergulho?

    • Avatar Frécia disse:

      Olá Márcio, o lago está disponível para mergulhores o ano inteiro.
      Em abril irei para uma expedição com o mesmo grupo de mergulhadores.

  2. Avatar Danielle disse:

    Nossa, que fantástico! As fotos são belíssimas! mas fiquei com uma dúvida de leigo referente às propriedades de alguns minerais que foram explorados na região. Há muitas notícias por aí falando que, dependendo do minério explorado, os resquícios que ficam no solo podem prejudicar a saúde do indivíduo. Vocês sabem dizer se houve alguma pesquisa referente a esse assunto? O lago é belíssimo e super exótico, até pq tem como origem do lençol freático (água pura) local, mas, provavelmente, há depósitos de minérios na água, não?

  3. Avatar Lourival disse:

    Boa tarde. Em julho visitarei o lago. Sabe me dizer que operadoras posso encontrar na região? ABS

  4. Avatar thalles disse:

    bom dia, qual a empresa que faz os serviços de rapel e tirolesa?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *