MENU
dia-internacional-da-cerveja-riba-recebe-novo-rotulo-de-chopp-o-leve

Dia Internacional da Cerveja: Riba recebe novo rótulo de...

O que fazer em Angra dos Reis: 5 Passeios...

uma-viagem-imperdivel-rota-do-vinho-na-serra-gaucha2

agosto 7, 2017 Comentários (0) Visualizações: 618 América do Sul, Américas, Brasil, Destinos, Dicas de Viagens, Rio Grande do Sul

Uma Viagem imperdível: Rota do vinho na Serra Gaúcha

Facebooktwittergoogle_pluspinterestmail

Se você adora saborear vinho, saiba que não é preciso sair do país para conhecer vinícolas de renome. Boa parte delas se encontra na região serrana do Rio Grande do Sul. O roteiro pode passar por várias cidades, permitindo que o turista aproveite não somente o vinho, mas tenha a oportunidade de visitar diversos locais. A rota do vinho na Serra Gaúcha, é uma grande oportunidade de voltar no tempo e curtir um bom vinho.

uma-viagem-imperdivel-rota-do-vinho-na-serra-gaucha4

Vale dos Vinhedos

O lugar fica entre Monte Belo do Sul, Bento Gonçalves e Garibaldi, a apenas 120 quilômetros de Porto Alegre. O Vale dos Vinhedos é perfeito para degustar rótulos variados de vinho e espumante, curtindo o friozinho da região. Parada obrigatória, o local reúne as maiores vinícolas da serra gaúcha, como Vinícola Miolo, Salton e Aurora. Prova disso é que os produtos do Vale dos Vinhedos recebem um selo de indicação de procedência, assim como ocorre em áreas europeias, como Napa Valley e Bordeaux. As bebidas têm enorme qualidade e são reconhecidas internacionalmente.

A dica é fazer passeios guiados por enólogos, para saber mais sobre a produção de vinho, conhecer parreirais e aprender a como harmonizar as variações. Também há restaurantes em algumas vinícolas, que contam até mesmo com hospedagem.

uma-viagem-imperdivel-rota-do-vinho-na-serra-gaucha3

Dicas para os visitantes

Quem tem pouco tempo deve se concentrar em apenas uma cidade para poder aproveitar a degustação sem pressa. Com mais dias reservados, vale a pena conhecer duas ou três vinícolas de cada cidade do Vale dos Vinhedos.

Leve garrafas de seus vinhos favoritos para casa, afinal, as bebidas da região são as melhores do país. Nas lojas, também há produtos artesanais, como guloseimas coloniais, geleias e outros quitutes.

Não há exatamente um período exato para a visitação. A alta temporada é o período de inverno, que coincide com as férias escolares. Entre outubro e janeiro ocorre o Natal Luz de Gramado, evento para toda a família. De janeiro a março é a época de colheita de uvas.

Cidades próximas

Os turistas da Rota do Vinho podem ir até Gramado, São Francisco de Paula, Cambará do Sul, entre outros. Para isso, basta alugar um automóvel e ter mais liberdade na elaboração do roteiro. Confira algumas opções:

Nova Petrópolis: colonizada por alemães, ela preserva o estilo europeu em suas construções, do tipo enxaimel. Vale a pena provar um farto café colonial nas casas de chá e depois ir até o parque Aldeia do Imigrante.

Bento Gonçalves: é a capital brasileira do vinho, portanto, muito apropriada para quem gosta da bebida. Uma atração muito interessante é a Maria Fumaça, passeio de trem que passa pela Rota do Vinho da Serra Gaúcha. O destino final é a cidade Carlos Barbosa. Para quem se interessou, é preciso adquirir o ingresso com antecedência. No trajeto, ocorrem shows típicos e apresentações, voltadas para a cultura gaúcha e italiana. Há também degustação de espumantes, suco de uva e vinhos.

uma-viagem-imperdivel-rota-do-vinho-na-serra-gaucha2

Garibaldi: concentra 80% da produção nacional de espumantes. Por lá, estão famosas empresas como Pelegrino e Chandon. É possível visitar todas as vinícolas em apenas um dia porque a distância é curta entre elas. Como diz a recomendação “se beber, não dirija”, é mais adequado contratar um passeio para visitar as vinícolas sem se preocupar com o volante.

Conheça já a Serra Gaúcha e surpreenda-se com esse lugar encantado!

Facebooktwittergoogle_pluspinterestmail

Tags: , , ,

Booking.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>